sábado, 21 de setembro de 2013
Estava chovendo e escuro, nublado e frio como meu coração antes da sua chegada. Ano após ano, levava uma vida insignificante, sem sonhos, metas, nada pra lutar... sorrir? Só se for por algum motivo idiota, desgraça alheia. E hoje você me tem por inteira; beijos, abraços, carinhos, sorrisos e tudo, entende? De uma flor murcha, tu me transformaste em um copo-de-leite do mais belo, de ser como a noite, me fez clara e limpa, assim como o dia, e a claridade que inunda meu coração é vermelho, de sangue, de coração que pulsa por você sem cessar. Um brinde aos sorrisos, lágrimas, felicidade, à nós, à você, à mim. Só peço que nunca esqueça porque é verdadeiro. Comigo você fica e comigo você vai. Te protejo do escuro e prometo estar com você. O que vi em você definitivamente não sei, mas algo estranho acontece porque eu não consigo parar de pensar em você, tudo me lembra você, nunca imaginei que isso me faria bem, nunca vi em ninguém, mas do jeito que você soa palavras deleitáveis ao meu ouvido sinto aquilo chamado de 'amor'. Sou sua amiga também, obrigada por combinar em tudo, até na marra. Te dou refúgio. Nossas mil trilhas sonoras ainda não são o suficiente pra explicar o que eu sinto, nem meus mil textos, nem monólogos, nada, agora entendo o que é gostar de verdade. Obrigada Deus, obrigada cupido.
Texto postado em 11 de Junho 2012 às 8:34pm pela dona do blog em seu "Tumblr" particular.

Seguidores

Fan Page

Siga por e-mail

Instagram

Contagem

Tags

Páginas

Categorias

Tecnologia do Blogger.

Minha lista de blogs